Maioria das centrais sindicais declara apoio pela ‘volta de Requião’


Maioria dos dirigentes das centrais sindicais apoia retornam a volta de Requião ao governo do Paraná; “Na época do Requião, as greves nunca foram tratadas como caso de polícia e houve a valorização dos trabalhadores com a criação do maior salário mínimo regional do país”, justificam os sindicalistas ligados à Força Sindical, CTB e partes importantes da CUT e da Nova Central Sindical; única exceção é a UGT, presidida por Paulo Rossi, que no Paraná tende a apoiar a reeleição de Beto Richa, mas nacionalmente está com a petista Dilma.
Maioria dos dirigentes das centrais sindicais apoia retornam a volta de Requião ao governo do Paraná; “Na época do Requião, as greves nunca foram tratadas como caso de polícia e houve a valorização dos trabalhadores com a criação do maior salário mínimo regional do país”, justificam os sindicalistas ligados à Força Sindical, CTB e partes importantes da CUT e da Nova Central Sindical; única exceção é a UGT, presidida por Paulo Rossi, que no Paraná tende a apoiar a reeleição de Beto Richa, mas nacionalmente está com a petista Dilma.
O senador Roberto Requião (PMDB) tentará o tetra mandato de governador, em outubro, como apoio da maioria das centrais sindicais. Ele é o preferido dos sindicatos de diversas categorias de trabalhadores nos serviços públicos e privados. O levantamento é do Blog do Esmael com base nas agendas dos candidatos e da movimentação das lideranças sindicais nos bastidores.
De acordo com prospecção realizada junto às entidades filiadas, a maioria dos dirigentes da Força Sindical, da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), parte da CUT (Central Única dos Trabalhadores) e da NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores) estão engajadas na campanha do ex-governador peemedebista.
A única exceção é a UGT (União Geral dos Trabalhadores), que no Paraná tende a apoiar a reeleição de Beto Richa (PSDB). Mas há movimento de alguns sindicatos ligado à central em favor de Requião. Nacionalmente, a UGT apoia a reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT).
O mais interessante é a inserção de Requião na CUT, historicamente ligada ao PT. Também chama a atenção a influência do senador sobre a CTB, braço sindical do PCdoB, e a Nova Central, que apesar de ter o seu presidente licenciado, Denilson Pestana, concorrendo ao cargo de deputado federal pelo PT, os principais quadros da central preferem a volta do ex-governador em detrimento da candidata Gleisi Hoffmann.
Já a Força Sindical, liderada pelos metalúrgicos Sérgio Butka e Nelsão de Souza, mantém há décadas relação estreita com Requião.
O atual governador que fez uma ampla coligação com 17 partidos, não conseguiu o mesmo feito com as centrais sindicais e só poderá contar com o apoio da UGT, ligada ao PSD do coordenador-geral da campanha tucana, Eduardo Sciarra.
Por que os sindicalistas preferem Requião? Os próprios dirigentes têm a resposta na ponta da língua: “Na época do Requião, as greves nunca foram tratadas como caso de polícia e houve a valorização dos trabalhadores com a criação do maior salário mínimo regional do país”
BLOG DO ESMAEL

Lula defende investigação sobre aeroporto de Aécio em Minas


Ex-presidente evitou fazer comentários sobre a denúncia de que o tucano Aécio Neves, quando governador de Minas Gerais, construiu um aeroporto com recursos públicos em propriedade que pertenceu ao seu tio, na cidade de Cláudio (MG), mas defendeu apuração do episódio, publicado pela Folha de S. Paulo: "Eu não comento denúncia porque denúncia tem que ter um processo de investigação para saber se tem procedência ou não", disse; "A denúncia foi feita e deve ser investigada para saber se tem procedência", completou Lula, após participar de congresso de químicos na Praia Grande, litoral paulista.
Ex-presidente evitou fazer comentários sobre a denúncia de que o tucano Aécio Neves, quando governador de Minas Gerais, construiu um aeroporto com recursos públicos em propriedade que pertenceu ao seu tio, na cidade de Cláudio (MG), mas defendeu apuração do episódio, publicado pela Folha de S. Paulo: “Eu não comento denúncia porque denúncia tem que ter um processo de investigação para saber se tem procedência ou não”, disse; “A denúncia foi feita e deve ser investigada para saber se tem procedência”, completou Lula, após participar de congresso de químicos na Praia Grande, litoral paulista.
O ex-presidente Lula defendeu, nesta terça-feira 22, que seja investigada a denúncia de que o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, construiu um aeroporto em propriedade que pertenceu ao seu tio, na cidade mineira de Cláudio. A estrutura foi construída durante seu segundo mandato como governador de Minas Gerais e teve investimento de quase R$ 14 milhões do estado.
“Eu não comento denúncia porque denúncia tem que ter um processo de investigação para saber se tem procedência ou não”, declarou Lula na Praia Grande, litoral paulista, onde participou hoje do 8º Congresso da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores da Indústrias Químicas e Farmacêuticas do estado de São Paulo). “A denúncia foi feita e deve ser investigada para saber se tem procedência”, acrescentou.
O comitê da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu ontem que entrará com uma ação por improbidade administrativa contra Aécio no Ministério Público de Minas Gerais. De acordo com a coordenação jurídica da campanha, a representação seria formulada e apresentada ao órgão nesta terça-feira. Para o presidente do PT, Rui Falcão, o tucano “usou o governo de Minas como extensão de suas propriedades”.
A Anac (Agência Nacional de Aviação) informou que irá investigar se houve uso irregular do aeródromo construído em Cláudio, uma vez que a área não tinha ainda, de acordo com a agência, autorização para realizar pousos e decolagens. A Anac deu dez dias para que o governo de Minas e a prefeitura se pronunciem. Em nota, o PSDB apontou perseguição do órgão regulador.
BLOG DO ESMAEL

‘Gleisi será nossa adversária somente no segundo turno’, avisa Requião


Senador Roberto Requião, na luta pelo tetra mandato ao Palácio Iguaçu, nesta terça (22), em Curitiba, reuniu seus comandados nas regiões para passar uma orientação estratégica: preservar a petista Gleisi Hoffmann no primeiro turno; peemedebista e a petista já trabalham com um cenário sem o governador Beto Richa (PSDB) na segunda etapa eleitoral; os dois candidatos esperam a repetição no estado, em outubro, do quadro eleitoral de 2012 na capital, quando o prefeito Luciano Ducci (PSB), que foi à reeleição com apoio de Richa.
Senador Roberto Requião, na luta pelo tetra mandato ao Palácio Iguaçu, nesta terça (22), em Curitiba, reuniu seus comandados nas regiões para passar uma orientação estratégica: preservar a petista Gleisi Hoffmann no primeiro turno; peemedebista e a petista já trabalham com um cenário sem o governador Beto Richa (PSDB) na segunda etapa eleitoral; os dois candidatos esperam a repetição no estado, em outubro, do quadro eleitoral de 2012 na capital, quando o prefeito Luciano Ducci (PSB), que foi à reeleição com apoio de Richa.
O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, em Curitiba, reuniu sua tropa nesta terça-feira (22) para passar uma orientação estratégica: preservar a senadora Gleisi Hoffmann (PT) durante a corrida pelo Palácio Iguaçu.
Aos seus comandados regionais presentes no encontro de hoje, Requião foi enfático: Gleisi será nossa adversária somente no segundo turno.
O peemedebista e a petista já trabalham com um cenário sem o governador Beto Richa (PSDB) no segundo turno. Os dois candidatos oposicionistas vislumbram repetição no estado do quadro eleitoral de 2012 na capital, quando o prefeito Luciano Ducci (PSB), que foi à reeleição com apoio de Richa, não avançou para a segunda etapa eleitoral.
Em 2012, todas as pesquisas eleitorais apontavam vitória de Ducci no primeiro turno. Entretanto, o atual prefeito curitibano chama-se Gustavo Fruet (PDT).
BLOG DO ESMAEL

Amunop entrega propostas a candidatos

Entidade objetiva firmar compromissos com os postulantes ao Palácio Iguaçu
Amunop entrega propostas a candidatos
    Os prefeitos e prefeitas da AMUNOP(Associação dos Municípios do Norte do Paraná)entregarão até o dia dez de agosto, aos candidatos à Governador, as propostas da entidade para o fortalecimento da região que compõe os 19 municípios, com uma população superior a 250 mil habitantes.
    O presidente da AMUNOP e prefeito de Bandeirantes, Celso Silva(foto), enfatiza que as demandas pontuais em cada cidade serão analisadas caso a caso, mas destaca que o mais importante serão as sugestões de abrangência macro-regional, que objetiva a integração e o desenvolvimento equilibrado dentro de uma arranjo produtivo, visando incrementar empregos e a prosperidade dos moradores, dentre os quais, destaca algumas ideias, como:
    A consolidação do hospital regional e o fortalecimento das santas casas e entidades de saúde, com a implantação de tratamento de hemodiálises e quimioterapias, evitando o deslocamento diário de centenas de pacientes para outras localidades, diminuindo custos, humanizando o tratamento e acelerando a recuperação;  transformação dos produtos primários, através de uma cadeia produtiva na avicultura de corte, prospectando matrizeiras, fábricas de rações e novos abatedouros de frango, juntamente com fruticultura industrial e de mesa, além das olerícolas com a efetivação da construção de um CDC - centro de distribuição e comercialização; / parque tecnológico de software abrangendo as universidades e escolas técnicas;horizontalização da UENP dando preferência aos cursos em período integral; construção de creches para idosos em vulnerabilidade social, em que os responsáveis trabalham no período diurno;implantação de um porto seco aduaneiro para estimular as exportações e atração de novas indústrias; fortalecer os consórcios regionais de desenvolvimento, disponibilizando recursos para a implantação de usinas de asfalto a quente, sistema CBUQ; / aterros sanitários regionais em sistema de consórcio; incentivos para instalações de industrias nos segmentos de peças automotivas e de vestuários; / incentivo ao turismo religioso e ecológico; implantação de um viveiro regional e/ou parcerias com as prefeituras, para o plantio de mudas diversas espécies para reconstituição de matas ciliares e recomposição da arborização urbana;elevar para seis anos a idade das crianças para o recebimento de leite e igualmente disponibilizar o produto para idosos carentes dentro dos critérios de vulnerabilidade social, com tal medida, automaticamente incrementará a produção da bacia leiteira na região; / criação de duas companhias independentes da policia militar; compromisso em apoiar efetivamente a implantação de um campi da UFPR - Universidade Federal do Paraná, na mesorregião norte pioneiro, com a sede em Santo Antonio da Platina e sub-campus em Bandeirantes e Cornélio Procópio.
    A AMUNOP está recebendo propostas de entidades representativas dos diversos segmentos, bem como da classe política regional, para a formatação de uma proposta unificada, que será deliberada na reunião da entidade, à ser realizada na próxima sexta-feira, dia 25.

    fonte - NP DIARIO

    NORTE DO PR - Denarc prende cinco pessoas em operação contra o tráfico de drogas

    Prisões foram realizadas nesta terça-feira (22), na região norte do Paraná.
    Investigações começaram em fevereiro de 2014 após apreensão de drogas.

    Luciane CordeiroDo G1 PR
    Agentes da Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil do Estado do Paraná (Denarc-PR) prenderam na manhã desta terça-feira (22) cinco suspeitos de integrar uma quadrilha de narcotraficantes que vendiam cocaína e crack em Apucarana, Arapongas, Londrina e Cornélio Procópio, na região norte do estado. Duas pessoas que também são suspeitas de participarem do grupo estão foragidas. As investigações que levaram à desarticulação do grupo iniciaram em fevereiro de 2014 e se intensificaram após a polícia prender oito pessoas e apreender duas toneladas de maconha na rodovia PR-218, no início de junho deste ano.

    A droga era comprada no
     Mato Grosso do Sul e revendida no norte do Paraná. Durante a operação, a polícia ainda apreendeu um carro, R$ 12 mil em dinheiro vivo e 200 gramas de cocaína com uma das pessoas que foi presa em Londrina.Segundo o delegado responsável pela operação, Ricardo Casanova, o centro de operações da quadrilha funcionava em Apucarana, e a droga era revendida para fornecedores de Arapongas,Londrina e Cornélio Procópio. Nas investigações, a Denarc descobriu ainda que o grupo movimentava em torno de 20 kg de cocaína ou crack por mês. “Essa associação criminosa movimentava entre R$ 200 mil e R$ 400 mil por mês. Era um grupo bem organizado e articulado”, detalha o delegado.
    “Nós descobrimos essa quadrilha depois de termos realizado uma operação específica em cima de uma das pessoas que foi presa nesta terça-feira. A partir dela descobrimos todo o esquema de compra, venda e distribuição de drogas na região. Depois disso, conseguimos chegar até os suspeitos”, explica Ricardo Casanova.
    As cinco pessoas estão presas na penitenciária de Apucarana.

    PRF apreende quase três toneladas de maconha no Paraná

    Redação Bonde
    QR:
     

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) apreenderam 2,8 toneladas de maconha escondidas em um caminhão. A abordagem foi realizada na manhã desta terça-feira (22), na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu.

    A PRF informou que já havia denúncias sobre o transporte de grande quantidade de entorpecentes. O motorista recebeu ordem de parada, mas não obedeceu. Ele foi preso em seguida, após interceptação dos agentes.

    Divulgação


    Ao verificar a carroceria do veículo, foram encontradas várias caixas com o entorpecente, dois fuzis 762, um fuzil 556, uma pistola glock 9mm com dispositivo de tiro automático e acessório de coronha, além de 47 carregadores de fuzil.

    O carregamento estava escondido embaixo de caixas de alho e cebola, transportadas pelo veículo de Santa Helena (PR). O motorista informou que levaria a carga até o Rio de Janeiro.

    As drogas e o motorista foram levados à delegacia de Polícia Civil.

    Divulgação

    VEJA AS IMAGENS DA AÇÃO DO ESQUADRÃO ANTIBOMBAS EM SÃO SEBASTIÃO DA AMOREIRA

    Redação e imagens: Seção de Comunicação Social do 18º BPM 
    Em decorrência de mais uma ação policial desenvolvida pela Operação Três Planaltos, equipes PM da Rotam e de Radiopatrulha da área de atuação da 3ª Cia do 18º BPM, com Sede em Assaí, conseguiram evitar a explosão de um Posto de Caixa Eletrônico do Banco do Bradesco localizado na cidade de São Sebastião da Amoreira.

    O fato delituoso ocorreu por volta de 03h40m da madrugada do dia 20 de Julho de 2014 (Domigo), e graças a rápida atuação das equipes PMs que policiavam a região em decorrência da Operação Três Planaltos, tornou-se possível evitar que os meliantes ainda não identificados, pudessem alcançar êxito na explosão do caixa eletrônico.

    Por enquanto, tudo o que se sabe é que dois veículos, um Astra e, um Peugeot, supostamente com seis suspeitos, haviam estacionado naquele horário da madrugada próximo ao Posto da Agência Bancária do Bradesco, quando então pessoas desconfiadas acionaram o 190 da PM, o que possibilitou a rápida chegada das viaturas e consequente fuga dos quadrilheiros que perceberam a movimentação policial.

    Até onde se sabe um pequeno estampido chegou a ser ouvido, provavelmente da espoleta ou ignição, mas não o suficiente para explodir o total das dinamites, e portanto, não houve consequências mais graves.

    O esquadrão antibombas da Capital, em Curitiba, foi acionado e compareceu no local para desativar os artefatos explosivos, e assim evitar danos maiores.

    Até o presente momento diligências estão sendo desenvolvidas no sentido de localizar o paradeiro dos veículos, bem como, de capturar os acusados.





    PAU D'ALHO DO SUL X ASSADOS SOUZA IRÃO FAZER A GRANDE FINAL DO MUNICIPAL DE FUTEBOL DE CAMPO DE ASSAÍ



    Após vencer por 7X0 a Jet Gás/Jd Pérola no último domingo (20) a equipe do Pau D’alho do Sul enfrentará o Assados Souza/Vila Nova na grande final do Campeonato Municipal de Futebol de Campo.
    A final acontecerá a partir das 14 horas no Estádio Municipal Dr. Durval José da Silva, onde conheceremos a grande campeã que receberá uma moto 0Km mais troféu e medalhas, a vice campeã recebe rá além do troféu e medalhas uma TV 39”.
    A competição premiará ainda o artilheiro com uma TV 32”, onde estão na disputa Edcarlos Soares do Assado Souza com 9 gols, Bruno Henrique do Roberto Supermercado também com nove gols e Claudinei Viana do Pau D’alho do Sul com 5 gols marcados.
    O goleiro menos vazado do campeonato ganhará também uma TV 32”. Anderson Trindade do Pau D’alho do Sul esta na vantagem por ter levado apenas dois gols, em segundo lugar está o goleiro Maikon Alex lima do Assado Souza que levou 12 gols.
    A secretaria de Esportes premiará ainda o melhor jogador da competição com uma TV 32”.

    EM NOVA FÁTIMA PM APREENDE HOMEM ALTERADO EM POSSE DE ESPINGARDA, FACÃO E FACAS

    Ás 16h30m do dia 20 de Julho de 2014, uma viatura da PM da cidade de Nova Fátima, campo de atuação do 18º BPM, com Sede em Cornélio Procópio, foi acionada via telefone a deslocar em determinado endereço da Vila América, periferia da cidade,onde informações davam conta de que um homem alterado e agressivo ameaçava as pessoas em posse de uma espingarda e de um facão, em plena via pública.
    Já no local, a equipe de serviço pôde constatar que o acusado, um homem de 40 anos, portava uma espingarda de calibre 36, de manufatura caseira, além de um facão, uma faca, e um punhal.
    O implicado tentou se esconder dentro de casa, mas foi apanhado pela equipe PM, sendo que, tentou alegar a seu favor que estava apenas se protegendo de um suposto indivíduo que o havia ameaçado minutos antes.
    Com essa corajosa atitude, a equipe de serviço muito eficientemente possa ter evitado um crime de maior potencial ofensivo, ao passo que, em seguida encaminharam o acusado junto as armas apreendidas para o devido procedimento legal.
    Seção de Comunicação Social do 18º BPM
    1º Ten. Berleze - Oficial P/5
    Sd Contardi - Auxiliar P/5

    Pratas da Casa Brilham e Assaí Futsal vence Faxinal

    Equipe Assaíense fez uma bela apresentação e goleou a equipe de Faxinal pelo placar de 8 x 1 no ultimo sábado na cidade de Faxinal.
    Destaque além da bela apresentação coletiva da equipe foi a estréia do Atleta Gustavo que vem das categorias de base do Assaí Futsal ele recentemente completou 16 anos, Gustavo atuou nos últimos cinco minutos da partida tempo que foi suficiente para marcar dois gols.
    O Processo de promoção de novos jogadores da casa é uma das estratégias utilizadas pelo Técnico José Luís Silva que sempre priorizou em seu trabalho os jogadores Assaíenses nas conquistas do futsal Assaíense a maioria  dos Atletas sempre foram da cidade. E este ano não é diferente os adversários tem em suas equipes a grande  parte senão  a totalidade de jogadores contratados de fora. Para José Luís “Os reforços são muito importantes para elevar o nível técnico da equipe e promover o crescimento do nosso futsal, porém entendo que a razão de existir um projeto como este é a priorização da formação e utilização dos jogadores da casa, que servem como espelhos para as crianças incentivando-as a praticarem o esporte”
    Além de Gustavo, outros atletas da equipe sub 17 tem sido convocados para os jogos e frequentemente são utilizados nos treinamentos da equipe adulta. Da categoria sub 20 também já foram promovidos alguns atletas e o maior destaque tem sido o Goleiro Flavinho que inclusive tem sido relacionado constantemente para as partidas do  Campeonato Paranaense chave prata. Além de oportuniza-los esta estratégia tem sido uma das soluções para a equipe que tem um elenco reduzido na categoria adulta com apenas 10 atletas sendo que destes 06 atletas: Pozinho, Raul, Bruno, Rafinha, Miguel e Barrão foram formados  em Assaí. Juntando-se as quatro contratações: Adi, Andrezinho, Romildo e Maykon.
    Equipe Assaíense volta as quadras no próximo sábado em Assaí as 20h30 para enfrentar a equipe de Rebouças que em 2013 foi campeã da chave bronze, e já neste jogo a equipe Assaíense apresentará seu patrocinador master, que após trabalho intenso o Prefeito Luiz Mestiço conseguio fechar esta parceria  que muito contribuirá para o crescimento da equipe com a possiblidade de novas contratações.

    Foto es destaque atleta Luis Gustavo e equipe sub 17 que tem vários atletas utilizados na equipe principal.

    MENOR É APREENDIDO POR TRÁFICO DE DROGAS EM JATAÍZINHO

    ADQUIRIR, VENDER, FORNECER E OU PRODUZIR DROGAS JATAIZINHO:

     EM PATRULHAMENTO NO BAIRRO JESUINO LOURES SALINET, VISUALIZAMOS A PESSOA DE UM  ADOLESCENTE EM VIA PÚBLICA, E, AO REALIZARMOS ABORDAGEM DE ROTINA NO MESMO, FORA ENCONTRADA UMA QUANTIA DE 66 (SESSENTA E SEIS) PEDRAS DA SUBSTÂNCIA ENTORPECENTE CONHECIDA POR "CRACK", DIANTE DA IDENTIFICAÇÃO O ADOLESCENTE FORA ENCAMINHADO PARA AS PROVIDENCIAS.

    ASSALTO A SITIANTE E FAMÍLIA EM ASSAÍ

    RELATA O SENHOR K. QUE DOIS ELEMENTOS ENCAPUZADOS E PORTANDO ARMAS DE FOGO ABORDARAM O MESMO E SEUS FUNCIONÁRIOS EM UM BARRACÃO DE SEU SITIO E DERAM VOZ DE ASSALTO. ENQUANTO UM ELEMENTO FICOU CUIDANDO DOS MESMOS NO BARRACÃO O OUTRO RENDEU A FAMÍLIA DE K. E A FAMÍLIA DO CASEIRO DO SITIO. EM ATO CONTINUO LEVARAM TODOS OS REFÉNS PARA O BARRACÃO E UM DOS ELEMENTOS ENTROU NA CASA DE K PARA ROUBAR JOIAS, DINHEIRO E APARELHOS CELULARES, APÓS PEGAREM OS OBJETOS LEVARAM AS VÍTIMAS PARA O QUARTO DA CASA DA VÍTIMA E OS TRANCOU. DEPOIS EVADIRAM DO LOCAL LEVANDO AINDA O CARRO DE K, UM JETA DE COR PRATA, PLACA ACS 6469. RELATA AINDA QUE CONSEGUIRAM SAIR DO QUARTO APÓS VINTE MINUTOS, SEGUE DILIGÊNCIAS PARA LOCALIZAR OS AUTORES.

    DIFUSÃO DE CONTEÚDO - Rede alcança 2 milhões de usuários

    Passei Direto disponibiliza mais de 300 mil arquivos e permite interação e troca de conhecimento entre estudantes

    Gustavo Carneiro
    "Claro que (os conteúdos) não são 100% confiáveis, mas a maioria quer ajudar. Dá para determinar o que é verossímil ou não", avalia Lucas Galhardi
    Londrina – A internet e as suas infinitas possibilidades permitem encontrar amigos através das redes sociais, oportunidades de trabalho com as redes profissionais e também material de estudo para alunos. Pensando em permitir a interação e a troca de conhecimento entre estudantes é que dois universitários criaram em 2012 a primeira rede colaborativa para alunos universitários do País, a Passei Direto (www.passeidireto.com).

    Hoje a rede tem mais de dois milhões de usuários, cerca de um terço da população universitária do Brasil, e disponibiliza mais de 300 mil arquivos, além de 30 mil perguntas e respostas de diversos cursos e disciplinas. Até o ano passado, a rede era fechada para 40 universidades, mas a partir de setembro de 2013 foi estendida para universitários de qualquer parte do País. Todas as consultas são gratuitas.

    A empresa foi criada por Rodrigo Salvador, de 24 anos, estudante do curso de Administração de Empresas, e André Simões, de 27, formado em Engenharia da Computação, ambos da PUC-RJ. Os usuários podem trocar dicas, compartilhar materiais, mensagens e oportunidades de estágio, além de tirar dúvidas e debater assuntos de todas as disciplinas e cursos.

    "O usuário coloca a universidade, o curso, cria suas disciplinas e interage. O interessante é que você não tem acesso somente ao material referente as suas disciplinas ou da sua universidade, mas de qualquer outra disciplina e faculdade, já que as grades curriculares são parecidas. A rede é uma grande sala de aula virtual em que os alunos compartilham material de estudo, interagem e ajudam um ao outro a estudar", destaca Salvador. O acervo da rede pode ser acessado também via mobile e a próxima etapa é disponibilizar vídeos.

    A rede é 100% colaborativa, ou seja, os próprios usuários fornecem o material que movimenta o grupo. "A comunidade avalia e denuncia se há algum material irregular, impróprio, de baixa qualidade ou que desrespeita algum direito autoral. Nesses casos, eles são tirados imediatamente do ar. Tomamos muito cuidado com isso e levamos essa questão bem a sério", garante Salvador.

    O fato da rede ter sido criada por dois estudantes explica o sucesso rápido alcançado pelo Passei Direto. "Este conhecimento torna o produto mais eficaz, com o que realmente os alunos desejam. O mundo mudou e a forma de estudar também. O aluno universitário fica o dia inteiro na internet, não tinha um lugar na rede para estudar e interagir com outros alunos, hoje ele tem isso", frisa Salvador.

    folha de londrina
    Lucio Flávio Cruz
    Reportagem Local

    Ampliação do Simples deve beneficiar 3 milhões de empresas

    Cobrança de impostos no regime diferenciado cai de uma faixa entre 16% e 25% para 6%

    Theo Marques
    Para a fisioterapeuta Marlene Izidro a mudança é o "oxigênio que estava faltando para manter as clínicas abertas"
    Curitiba - O Brasil pode chegar a 9 milhões de empresas cadastradas no Simples Nacional até o início de agosto. E, a partir do momento que entrar em vigor a ampliação deste regime de tributação para mais 140 categorias profissionais, cerca de 3 milhões de outras empresas já existentes ou novas poderão se beneficiar. As estimativas são da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon).

    Na semana passada, o plenário do Senado aprovou a ampliação do Supersimples. Entre as categorias beneficiadas, estão clínicas de fisioterapia, escritórios de advocacia e de corretagem de imóveis e seguros. Agora, a proposta aguarda a sanção da presidente da República, Dilma Rousseff.

    O presidente da Fenacon, Mario Berti, explicou que os benefícios para as empresas com a ampliação do Simples vão entrar em vigor a partir de janeiro de 2015. Segundo ele, das 3 milhões de empresas que serão beneficiadas, cerca de 70% já existem e os outros 30% serão empresas novas ou que estão na informalidade. "A medida foi positiva. É como uma minirreforma tributária para este segmento", disse.

    O presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Paraná, Abdo Zeghbi, contou que as clínicas pagam de 16% a 25% de impostos por mês. E, com a inclusão no Simples, a tributação vai cair para 6% sobre o faturamento. "A medida foi positiva. Foi a maior vitória que os fisioterapeutas tiveram nos últimos 20 anos", disse. Ele contou que já teve uma clínica com 25 funcionários, mas, como não conseguiu arcar com os custos da tributação, atualmente trabalha sozinho em consultório particular.

    A fisioterapeuta Marlene Izidro Vieira tem 13 funcionários e considerou a nova medida "maravilhosa". "Vou ter um gasto muito menor, o que vai permitir fazer investimentos em equipamentos e formação profissional. Esta medida é o oxigênio que estava faltando para manter as clínicas abertas", disse.

    O Simples Nacional é um regime especial de tributação criado em 2007 para as micro e pequenas empresas, que permite aos negócios reunir oito impostos - seis federais, além do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e do ISS (Imposto sobre Serviços) - em uma única guia de recolhimento. As alíquotas cobradas também são menores para esses empreendimentos.

    A proposta aprovada no Senado universaliza o acesso ao setor de serviços ao Simples Nacional, abrangendo 140 categorias profissionais. O texto permite a qualquer empresa da área de serviço, que fature até R$ 3,6 milhões por ano, ingressar no regime diferenciado de tributação.

    De acordo com os últimos dados disponibilizados pela Receita Federal, no dia 19 de julho, já eram 8.979.844 empresas optantes pelo sistema. Dessas, 4.136.303 foram registradas no regime de Microempreendedor Individual (MEI). Em julho de 2007, logo que o regime entrou em vigor, eram, ao todo, 1,3 milhão de empreendimentos. A Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, criada junto ao Simples, foi o que tornou possível essa nova realidade.
    Andréa Bertoldi
    Reportagem Local-folha de londrina

    ELEIÇÕES 2014 - Candidatos trocam farpas em planos de governo

    Em documentos com propostas de gestão entregues ao TRE, Beto, Gleisi e Requião aproveitam para incluir alfinetadas

    Pedro França/Agência Senado
    Requião foi o candidato que apresentou um programa mais extenso ao TRE: são 158 páginas
    Antonio Cruz/ABr
    Gleisi quer criar um "Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção"
    Celso Pacheco
    Beto afirma que continuará investindo no modelo de gestão baseado em Parcerias Público-Privadas
    Curitiba - Os programas que os principais concorrentes ao governo do Paraná protocolaram junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reproduzem o tom deste início de campanha, com críticas aos desempenhos dos rivais à frente dos cargos que já ocuparam. A reportagem analisou esses documentos, entregues no início do mês, no momento do registro das candidaturas. Eles estão disponíveis no sistema DivulgaCand2014, no site do TRE.

    O senador Roberto Requião (PMDB), com três passagens pelo Palácio Iguaçu, e o atual governador, Beto Richa (PSDB), preferiram reforçar as suas realizações. Já a senadora e ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT) apresentou o que chama de ideias para "construir um novo tempo". Na edição de amanhã, a FOLHA também mostrará o que propõem os "nanicos", que correm por fora na disputa.

    Chamado de "diretrizes de governo", o plano de Gleisi sintetiza, em 36 páginas, o que ela diz ter sido fruto de debates promovidos em todas as regiões do Estado. O documento, a ser complementado após a realização de novas plenárias, é norteado em cinco eixos, "não divididos, mas integrados". As propostas, no entanto, são vagas, ficando mais no campo da sugestão.

    Logo na apresentação, a petista alfineta seus dois rivais. Primeiro, afirma que apresenta "ideias verdadeiras e factíveis, que dão adeus ao tempo do jogo de cena, das ameaças". Em seguida, condena os "discursos vãos, que transformam choque de gestão em uma falência financeira" e "o governo que mergulhou o Paraná na incerteza e no caos financeiro". As declarações são uma resposta ao fato de a gestão tucana ter extrapolado, no ano passado, o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) no que diz respeito aos gastos com o funcionalismo.

    O eixo participação é o que concentra mais ideias concretas, como a de criar um "Gabinete Digital", diretamente ligado à governadora, para articular as ações do sistema estadual de participação social. A nova unidade teria a incumbência de "orientar e garantir a participação cidadã na definição dos rumos do governo". Outra promessa da petista é instituir o Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção, órgão colegiado e consultivo, que seria vinculado à Controladoria Geral do Estado.

    Os demais itens são mais genéricos. Como que adiantando a propaganda no rádio e na televisão, Gleisi fala em "planejar as ações", em "transformar intenção em realização", em "entregar no tempo certo, direito e de forma correta". Diz que o servidor merece ser valorizado, que promoverá a inclusão social e ampliará a prestação de serviços públicos essenciais às famílias de baixa renda. Na saúde, na educação e na cultura, o plano também parece mais uma carta de intenções. "Desenvolver e implementar políticas públicas que cuidem do paciente e não da doença", "estimular e qualificar a produção e a disseminação de saberes" e "democratizar a construção das políticas de financiamento, produção e difusão cultural" são algumas das propostas listadas.

    Requião foi o candidato que apresentou um programa mais extenso ao TRE. Das 158 páginas do plano, 25 são dedicadas a sugerir ações para "restabelecer o governo do Paraná", sempre com comparações entre a sua gestão e a atual, chamada por ele de "desgoverno". Em linhas gerais, o peemedebista diz que irá reabilitar o conceito de interesse público e retomar as políticas de transparência. No restante do documento, consta um anexo, o "dicionário das realizações da administração 2003-2010", no qual o senador reúne os principais programas e obras executados durante o período em que foi governador.

    Resgatar e recuperar são os termos mais utilizados por Requião. Na saúde, ele propõe, por exemplo, concluir as obras, equipar e contratar pessoal para o pleno funcionamento da rede de 44 hospitais regionais, além de construir unidades para atendimentos de alta complexidade. Também diz que pretende retomar as Clínicas da Mulher e da Criança e expandir os 2.500 postos de saúde e as 2.000 equipes de médicos da família. "A estrutura existe, cobre todo o Estado, mas é preciso colocá-la em movimento", argumenta. Na educação, além de reaver programas de sua gestão, ele se compromete a dar "um passo adiante", com a escola integral, retomar a política de expansão do ensino técnico-profissional e manter as universidades estaduais gratuitas. Também crava que, em seu governo, "o Paraná será o primeiro Estado brasileiro a erradicar o analfabetismo".

    Para a segurança, o senador propõe retomar o programa da Polícia Comunitária, o Projeto Povo, com os módulos móveis da Polícia Militar (PM), os Bombeiros Comunitários e as Patrulhas Rurais, enquanto na agricultura sugere a expansão do "Trator Solidário", que apostava na mecanização como chave para a viabilização da pequena propriedade. Também estão no documento o imposto zero para as microempresas, a drástica redução do imposto das pequenas, a integração com os países do Mercosul e da América Latina e maior investimento nas áreas rodoviária, ferroviária, portuária e aeroportuária. Por último, o senador diz que irá manter, expandir e aperfeiçoar os programas Leite das Crianças, Luz Fraterna e Tarifa Social da Água, entre outros.

    Se há quatro anos, quando concorria pela primeira vez ao Palácio Iguaçu, Beto Richa chegou a fazer promessas, como diminuir as despesas correntes, reequacionar a dívida pública e até erradicar o trabalho infantil, desta vez ele preferiu enaltecer os feitos de sua gestão. No plano de metas 2015-2018, o tucano fala em dar continuidade e aperfeiçoar o documento "aprovado pelos paranaenses nas eleições de 2010".

    As primeiras 42 das 54 páginas apresentam os avanços que ele diz ter promovido, enquanto as demais se destinam a estabelecer diretrizes para uma eventual reeleição. Ao longo do texto, o atual chefe do Executivo abusa de frases de efeito, como: "de todas as palavras, consciência é a que exprime com maior precisão a forma de agir da gestão Beto Richa", "um governo se avalia pelo conjunto da obra, na perspectiva de que o Paraná é a exata soma das suas diferenças", e "o Estado deve ser bom por inteiro e para todos".

    Entre as decisões que tomou desde a posse, o governador enfatiza duas: a recuperação da credibilidade política e a restauração da segurança jurídica – "que se haviam diluído em personalismos e bravatas incontidas do governo passado", numa referência à gestão de Requião. Também como forma de alfinetar o peemedebista, conhecido pelos discursos efusivos, ele completa: "sabemos que a incompetência é barulhenta e mal-humorada, e a eficiência, amigável e sincera".

    De forma mais indireta, Beto cutuca Gleisi, que chefiou a Casa Civil durante boa parte da administração de Dilma Rousseff (PT). "(O Estado continua) submetido a um inaceitável boicote por parte do governo federal na liberação de empréstimos importantes para a retomada do nosso desenvolvimento. E não há dúvida: foram e continuam sendo atos de retaliação política."

    Em relação ao triênio 2011-2013, o tucano destaca o crescimento médio anual de 4,1% do Produto Interno Bruto (PIB), "ante acréscimo de apenas 2,0% ao ano para o País". As informações são contrapostas a críticas à gestão do PT na Presidência da República: "mesmo diante da conjuntura internacional desanimadora e das respostas equivocadas da política econômica do governo central".

    Assim como os demais, o programa tucano não estabelece metas quantitativas, mas cita que áreas fortes e sensíveis, como saúde, educação, agricultura, habitação e segurança, seguem prioritárias. Beto deixa claro, ainda, que continuará investindo no modelo de gestão baseado em Parcerias Público-Privadas (PPPs), visando "reduzir os procedimentos burocráticos, atingir maior eficiência e menor custo operacional", e que definirá prioridades para a implantação de uma rede integrada de logística abrangendo todos os modais no Estado, num horizonte mínimo de 10 anos.

    Outra promessa mais concreta é a conclusão do Trem Pé-Vermelho. A obra interligará as cidades de Ibiporã e Paiçandu, passando por 13 municípios, numa extensão de 152 quilômetros. Apesar das críticas que faz à União, aqui o governador destaca o fato de o projeto, orçado em R$ 10 milhões, ter sido autorizado pelo Ministério das Cidades no dia 23 de junho.
    Mariana Franco Ramos
    Reportagem Local-folha de londrina

    Idoso é preso com 5 mil maços de cigarros na região de Londrina

    Redação Bonde
    QR:
     

    Um idoso foi preso na madrugada desta segunda-feira (21) com cerca de 5 mil maços de cigarro contrabandeados. A prisão ocorreu na BR-369, no perímetro de Jataizinho (região metropolitana de Londrina).

    Divulgação/PRF


    De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Nicelso Pereira dos Santos, de 70 anos, conduzia um Polo com placas de São Paulo. Os cigarros foram comprados no Paraguai e seriam levados à capital paulista.

    Santos foi encaminhado com os produtos e o veículo à delegacia da Polícia Federal em Londrina.

    Conselho Universitário empossa nova reitora da UENP‏

    Deputado Romanelli parabeniza professora-mestra Fátima Aparecida da Cruz Padoan, nova reitora da Universidade Estadual do Norte do Paraná

    O Conselho Universitário da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) empossou na noite de sexta-feira, 18, a professora-mestra Fátima Aparecida da Cruz Padoan como reitora, em substituição ao professor Eduardo Meneghel Rando, que deixou o cargo devido a problemas de saúde. O secretário de Estado da Ciência e Tecnologica, João Carlos Gomes representou o governador Beto Richa durante a solenidade, que contou também com a presença do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli.
    Romanelli parabenizou a nova reitora e a comunidade acadêmica pelas conquistas da UENP, sobretudo o curso de Odontologia. “É um compromisso que foi assumido pelo governador Beto Richa. Como deputado, tenho lutado para que o Norte Pioneiro receba os investimentos necessários para a promoção do desenvolvimento e geração de empregos. O curso de Odontologia representa o cumprimento desse compromisso”, disse Romanelli.
    O secretário Joõ Carlos Gomens destacou os investimentos feitos pelo governo estadual no ensino superior, que colocam o Paraná como o segundo Estado que mais investe no setor, atrás apenas de São Paulo. Em 2014, o orçamento para Ciência e Tecnologia do Paraná é de R$ 2,7 bilhões. Proporcionalmente, o Paraná é o Estado que mais investe em Educação Superior.
    “O Paraná tem 90 mil estudantes matriculados em cursos de graduação, mestrado e doutorado nas universidades estaduais. Hoje, em todo o Estado, temos 88% dos professores titulados e 55% doutores, superando a exigência do MEC para os próximos dez anos, que é de que 75% do quadro docente das universidades estaduais devem ser compostas por professores titulados e 30% devem ser doutores”, avalia o secretário.
    João Carlos Gomes também assumiu, em nome do Governo do Paraná, o compromisso de apoio integral para o desenvolvimento da UENP e lembrou que o edital de implantação do curso de Odontologia já foi publicado no Diári Oficial do Estado, confirmando o compromisso do Estado com o desenvolvimento educacional da região. Segundo o secretário, ao todo, o Governo do Estado mantém sete universidades estaduais. “Em todas as regiões do Estado os nossos jovens têm a oportunidade de cursar uma universidade pública gratuita e de qualidade. Sem dúvida alguma, isso faz com que o Paraná seja um Estado diferenciado dos demais, pelos investimentos em Educação Superior”, comemora.
    O professor-doutor Fábio Antônio Neia Martini, diretor do Campus de Jacarezinho presidiu a solenidade de posse e transmitiu o cargo à nova reitora da UENP. Emocionada, a professora-mestra Fátima Padoan agradeceu ao governador Beto Richa e à comunidade universitária pela indicação ao cargo de reitora da UENP. “Sinto-me extremamente honrada em assumir essa função que me foi confiada pela comunidade universitária. Ocupar esse cargo, implica em levar avante todos os ideais sonhadospor aqueles que tanto se empenharam e integram a comunidade acadêmica do Norte Pioneiro. O nosso grande desafio será reduzir a evasão, reavaliar nosso sistema de acesso e trabalhar pela conquista de nossa autonomia plena. Para isso e para responder aos grandes desafios de conduzir a UENP contarei com o apoio de uma equipe de trabalho de extrema competência, formada por professores, servidores e estudantes da nossa querida Universidade Estadual do Norte do Paraná”, estima a nova reitora.
    Parceria — A nova reitora da Universidade Estadual do Norte do Paraná destacou também a importância da parceria com outros órgãos governamentais para o fortalecimento da UENP e da região. A procuradora de Justica do Estado do Paraná, Sâmia Saad Galloti Bonavides destacou a importância da UENP e do apoio do Governo do Paraná para o fortalecimento da região. “A UENP será, sem dúvida alguma, a pedra fundamental da realização de todos os sonhos e continuidade de toda essa história de construção do conhecimento e do desenvolvimento regional. Nós sabemos que sua dedicação e empenho têm um significado muito importante para a nossa Universidade”, destaca a procuradora.
    Investimentos — Levantamento feito pela secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior mostra que o orçamento para Ciência e Tecnologia em 2014 foi o segundo maior orçamento do Brasil, com R$ 2,7 bilhões. Considerando apenas o orçamento das Universidades, o investimento é de R$ 2,4 bilhões. De 2011 até o momento o orçamento da Fundação Araucária chega a R$ 163 milhões.
    Em todo o Paraná são 90 mil estudantes matriculados em cursos de graduação, mestrado e doutorado nas sete universidades estaduais espalhadas por todas as regiões do Estado. O Estado também investe na valorização do professor. Até 2014, professores obtiveram um aumento de 55%. “Isso representa o compromisso do Governo do Estado com o ensino superior do Paraná”, afirma o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli.
    Romanelli apontou ainda que o Paraná está à frente das metas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), através do Plano Nacional de Educação. Das metas estabelecidas para os próximos dez anos, três se referem ao ensino superior. Segundo ele, uma das exigências prevê que 75% do quadro docente das universidades estaduais devem ser compostas por professores titulados e 30% devem ser doutores. “Hoje, o Paraná possui 88% dos professores titulados e 55% doutores, superando a exigência do MEC para os próximos dez anos”,conclui.
    Também participaram da solenidade de posse da nova reitora da UENP os prefeitos Sérgio Faria, de Jacarezinho e Roberto Regazzo, de Ibaiti, o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, o procurador-geral do Estado, Gilberto Giacoia e o bispo da diocese de Jacarezinho, Antônio Braz Benevente, além de vereadores, professores e servidores da regionais de Jacarezinho e Cornélio Procópio.